30 de julho de 2010

Dica - O Vale dos Anjos - O Torneio dos Céus - Parte 1

Gente, hoje mostro mais uma dica de livro nacional. "O Vale dos Anjos - O Torneio dos Céus - Parte 1 " de Leandro Manzione Schulai que será lançado pela editora Novo Século pela coleção Novos Talentos da Literatura Brasileira.

Título: O Vale dos Anjos - O Torneio dos Céus - Parte 1
Autor: Leandro Manzione Schulai
Editora: Novo Século
Número de páginas: 416
ISBN: 978-85-7679-366-3
Data de Lançamento: 19 de Agosto de 2010 na bienal de SP.

Sobre o Livro:
Esse primeiro volume nos apresenta nosso protagonista Dimitris. Um jovem rapaz que vive tranquilamente com sua esposa Mariah na cidade de Atenas. O que ele não esperava era um acontecimento trágico que viria a levar sua vida precocemente.
És então que sua aventura começa. Orientado pelo anjo guia de enterro denominado Obelisco, Dimítris conhece o mundo que lhe espera: O Vale dos Anjos. Local que é separado pela beleza e curiosidades do paraíso e a crueldade e mistérios das oito prisões.
Levado por esse mundo místico e cheio de novidades, Dimítris parte em busca de seu pai falecido e uma maneira de voltar à vida para ficar ao lado de sua amada Mariah e cumprir a promessa que efetuara.
Assim ele é levado ao torneio dos céus: perigosa disputa mitológica que premia o vencedor com o condecorado cargo de anjo semideus, cujos poderes vão além da imaginação e permitem inclusive ter o poder de se manter vivo novamente.
Guiado pelo seu recente amigo Obelisco, cujo senso de humor o ajuda nos momentos de apreensão, pela cupido Anne cuja beleza é incomparável e treinado pelo misterioso mestre Ramirez Dimítris passará a descobrir os mistérios que esse novo mundo lhe revela e descobrir que sua recém chegada já era esperada a muito tempo e que ele se tornará uma peça fundamental em uma batalha iminente.

Sobre o autor:

Leandro Schulai nasceu em 1986 em São Paulo / SP onde reside até hoje. Formado em Processamento de Dados, começou a escrever O Vale dos Anjos bem cedo, ao 16 anos. Levado pelo amor à literatura e pela vontade de criar seu livro, Leandro enfrentou os desafios da adolescência e encerrou seu primeiro trabalho como escritor. A obra com previsão de 6 volumes é uma realização de um sonho que acaba de se concretizar e agora tornou-se seu primeiro passo na sua jornada literária.


Saiba mais em:

Twitter do autor
Blog
Orkut do Autor
Facebook do Autor
Skoob do Autor

29 de julho de 2010

Dica - evento clube do livro saraiva 31/07

Gente eu adoro evento de livro porém nesse não vou conseguir ir pois vou trabalhar mas recomendo para todos que moram em São Paulo.




O evento ocorrerá na Saraiva Center Norte às 16 : 00

Confira a descrição do evento:
De Bridget Jones a Becky Bloom, há sempre alguma personagem conhecida na literatura chick lit, com romances divertidos e que abordam com bom humor histórias de mulheres modernas. As protagonistas estrangeiras cedem lugar às brasileiras nos romances de Fernanda França, Leila Rego e Tammy Luciano. As autoras conduzirão um bate-papo sobre esse gênero literário, que conquista cada vez mais leitores.

Se alguem for me conta como foi ?? rs

28 de julho de 2010

Dica - Revista Fantástica

Hoje trago mais uma dica, a segunda edição da Revista Fantástica

Acompanho a revista desde a primeira edição e adoro, recomendo para todos aqueles que gostam de literatura fantástica nacional.

Nessa edição você vai encontrar :

- FALANDO NO ASSUNTO: Escritores discutem a polêmica diferença de plágio e inspiração.


- RESENHANDO:
Resenhas de O Vampiro da Mata Atlântica de Martha Argel e Centúrias de Bruna Longobucco.

- TROCA-TROCA: Rafael Lima, autor de Aura de Asíris, e Victor Maduro, autor de Além da Terra do Gelo, resenham cada um a obra do outro.

- MATÉRIA DE CAPA: Analisamos o impacto que o ebook e os ebook readers poderão trazer ao meio literário.


- REPÓRTER MIRIM:
O nosso jovem repórter Hugo Fox respondeu: Por que as pessoas preferem livros estrangeiros?


- E SE FOSSE FILME?:
Como seria se o livro Um Mundo Perfeito, de Leonardo Brum se tornasse uma mega-produção cinematográfica?

- EM FOCO: Analisamos as razões para as pessoas escreverem, os preconceitos literários e as mudanças de linguagem escrita com a internet.

- LIDO & ENTREVISTADO: Entrevista com Márson Alquatti, autor de Ethernyt - A Guerra dos Anjos

- NOVIDADES: Conheça Angus Volume 3 (Orlando Paes), A Essência do Dragão (Andres Carreiro), Lázarus (Georgette Sillen), A Guerra Justa (Carlos Orsi) e O Vale dos Anjos (Leandro Schulai).

- TRÍADE DOS IMORTAIS: O trio Celly Borges, Nana B. Poetisa e Nelson Magrini disserta sobre os principais expoentes do terror nacional.


- CONEXÃO SKOOB:
O que há de mais interessante na melhor rede social para aficcionados por livros.

- CONEXÃO CT: Criando Testrálios, um dos mais famosos blogs sobre fantasia, debate sobre as mais importantes obras do gênero.

- CONEXÃO PSYCHOBOOKS: Com um texto alegre e descontraído, a divertida equipe Psychobooks se apresenta o Chick Lit.

- CONEXÃO RPG BRASIL: A nova seção que traz informações sobre RPG e suas ligações com a literatura


- CORREIO FANTÁSTICA:
Respondemos os e-mails e mensagens de nossos leitores

- ÚLTIMA PÁGINA: O escritor Dhyan Shanasa, autor de O Livro de Tunes, discorre sobre os seres místicos da fantasia.


Acessem e aproveitem.


http://www.revistafantastica.com/

27 de julho de 2010

Dica - A Essência do Dragão: Ressurreição

Oi gente, hoje trago a dica de um livro: “A Essência do Dragão: Ressurreição”
O primeiro volume da série será lançado em julho de 2010 pela editora Novo Século pela coleção Novos Talentos da Literatura Brasileira.

Sobre o livro:

“Os Li-Seugs viviam no noroeste da Ásia há 3000 anos. Aquela dura realidade os fez migrar para terras mais pacíficas. No caminho, para uma vida melhor, acabaram testemunhando uma cena inusitada. Algo caído do céu, talvez alguma coisa dos deuses, repousava em uma clareira perto de seu provisório acampamento. Quando foram verificar mais de perto o estranho objeto, viram uma criatura sair de suas entranhas. A Essência do Dragão: Ressurreição levará o leitor a uma aventura extraordinária. A cada capítulo haverá reviravoltas e informações que aguçarão a curiosidade e a vontade de continuar nesta jornada. E se o ser humano não é a única espécie inteligente nascida no planeta Terra? E se esta forma de vida inteligente evoluiu de tal maneira que sua tecnologia possibilitou desbravar o Universo? Por que não deixaram nenhum vestígio de sua existência no planeta? Ficção científica? Fantasia? Aventura? Tire suas próprias conclusões e envolva-se nesta história! Conheça os Li-Seugs, Andy Carter e descubra qual é a missão de Tlüogodärami. Veja os dragões como nunca foram retratados antes.”

Sobre o autor:
Andrés Carreiro Fumega nasceu e vive no Rio de janeiro, e desde criança era fascinado por tudo que se referia à ciência e à imaginação. A figura mitológica dos dragões sempre o fascinou. Estudou Física e História na UFRJ, mas foi no ofício de escritor que encontrou sua verdadeira realização. Hoje, dedica todo o seu tempo disponível para escrever a continuação da saga dos dragões.

Saiba mais em:

Blog Oficial ( no blog você tem a oportunidade de ler o primeiro capítulo do livro)

Site Oficial do Livro

Site Editora

24 de julho de 2010

A breve segunda vida de Bree Tanner - Stephenie Meyer

Livro: A breve segunda vida de Bree Tanner
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788598078809
Número de páginas: 192
Ano: 2010

Resumo:

Pela primeira vez Stephenie Meyer oferece aos fãs uma nova perspectiva do universo de Crepúsculo. Na voz de Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, Eclipse, somos apresentados ao lado sombrio da saga.Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen - a última semana de sua existência.

Comentários:

Neste livro vemos a saga de crepúsculo pela primeira vez de um ponto de vista de um personagem secundário, fora do grande núcleo de ação. A história é narrada por Bree (a vampira do exército dos vampiros recém- criados de Riley que faz uma breve participação no terceiro livro da saga: Eclipse) e ela conta como foi que o exército de Riley começou e como toda a trama se desenvolveu. Surpreendi-me com esse livro em dois aspectos.
O primeiro foi que quando li sobre ele minha primeira reação foi pensar quem é mesmo Bree Tanner ?? e depois de um tempo lembrei de sua passagem no livro eclipse. Fiquei meio receosa sobre o livro, mas após ler muitas resenhas e ir ao evento de lançamento eu realmente fiquei curiosa com a história . O livro não possui divisão por capítulos, assim a leitura corre super rápida e fácil e a cada página nos apegamos mais a personagem, e a Bree que antes era ninguém ganha uma grandiosidade na história que não é esperada e mesmo sabendo o seu final (para aqueles que já leram eclipse) nos vemos torcendo para que este seja diferente.
Outro ponto que me surpreendeu, é que esperava outra coisa sobre esse "novo ponto de vista", achei que como ela iria contar a história de um vampiro não vegetariano esperava algo mais parecido com os vampiros tradicionais, o que não acontece. Mas isso não tira o mérito do livro e eu o recomendo para todos aqueles que acompanham e gostaram da saga de crepúsculo.

21 de julho de 2010

Resultado do sorteio - "A morte do cozinheiro"

Antes de tudo quero agradecer ao autor Allan Pitz que cedeu um exemplar para sorteio, sem ele essa promoção não aconteceria e depois quero agradecer a todos que participaram. Agora vamos ao sorteio:

Foram 184 números gerados

E o vencedor é :
Marcelle Ramalho de Magalhaes








Parab
éns
Você terá 3 dias para responder o email ou outro sorteio será realizado.

Se você não ganhou o sorteio compre o livro aqui

20 de julho de 2010

Parceria - Lua de Papel

Fico muito feliz em anunciar a primeira parceria do blog com editoras. Abaixo as informações e novidades do novo parceiro, a editora Lua de Papel.


Lua de Papel é o primeiro selo da portuguesa LeYa no Brasil. O Grupo LeYa é formado por 18 editoras em Portugal, dentre elas estão algumas das principais editoras do país, como a Editorial Caminho, que revelou José Saramago; Dom Quixote e Asa. O selo Lua de Papel foi escolhido para ser o primeiro a aportar no país e abrigar as obras mais comerciais tanto, em ficção quanto de não ficção. Para comandar o selo, o grupo contratou Pedro Almeida, ex-Ediouro, que foi responsável por edições de Almanaques, Biografias e o mega-sucesso Marley e Eu.
Abaixo alguns titulos da editora :

O EFEITO SOMBRA (Deepak Chopra / Debbie Ford / Marianne Williamson)
A Sombra é um dos mais famosos ensinamentos de Carl Jung, e também é um assunto que continua em estudo em todas as áreas de autoajuda. Este é o primeiro livro de ensinamento popular e compreensível sobre como o efeito Sombra age em nossas vidas e no mundo ao redor. Através da experiente ajuda de Deepak, Marianne, e Debbie, finalmente a jornada em busca de quem realmente somos e da totalidade de ser está acessível. Podemos acessar forças escondidas em nós mesmos, desenvolver a coragem, acreditar nos insights e iluminar nosso caminho para a felicidade.




O MORRO DOS VENTOS UIVANTES ( Emily Bronte)

“Se o amor dela morresse, eu arrancaria seu coração do peito e beberia seu sangue.”
O livro favorito do casal do momento: Bella e Edward! Na fazenda chamada Morro dos Ventos Uivantes nasce uma paixão devastadora entre Heathcliff e Catherine, amigos de infância e cruelmente separados pelo destino. Mas a união do casal é mais forte do que qualquer tormenta: um amor proibido que deixará rastros de ira e vingança. “Meu amor por Heathcliff é como uma rocha eterna. Eu sou Heathcliff”, diz a apaixonada Cathy. O único romance escrito por Emily Brontë e uma das histórias de amor mais belas de todos os tempos, O Morro dos Ventos Uivantes é um clássico da literatura inglesa e tornou-se o livro favorito de milhares de pessoas, inclusive dos belos protagonistas da saga “Crepúsculo”.


JANE AUSTEN – A VAMPIRA ( Michael Thomas Ford)

Segundo este livro, a autora de 'Orgulho e Preconceito' e outros clássicos do século XVIII não morreu, mas vive em uma cidadezinha no interior do estado de Nova York. Dona de uma livraria, a autora vive frustrada por não receber os direitos autorais e ter o reconhecimento de suas obras de sucesso. Em 'Jane Austen - A vampira', ela mudou o nome para Fairfax e sobrevive há 233 anos, porque foi mordida por um vampiro e se se tornou imortal. Entre romances com o Lord Byron, que também é um vampiro, e tentativas frustradas de publicar um novo livro, Jane Austen, ou melhor dizendo, Jane Fairfax, envolve o leitor em uma viagem ao universo literário.





Para conhecer mais da editora e de seus titulos clique aqui

19 de julho de 2010

Cemitério perdido dos filmes B - César Almeida

Livro: Cemitério perdido dos filmes B
Autor: César Almeida
Editora: Multifoco
ISBN: 978-85-7961-040-0
Resumo:
Gênios ou loucos? Aproveitadores ou revolucionários? Conheça a história de homens e mulheres que não desfilaram pelos tapetes vermelhos de Hollywood. Personagens que escreveram a história do cinema por linhas tortas, pavimentando o caminho para as grandes produções. Nomes como Roger Corman, Russ Meyer, Mario Bava, Terence Fisher e Jess Franco, que abriram passagens, quebraram tabus e tornaram-se mitos, influenciando até hoje cineastas da estirpe de Tim Burton e Quentin Tarantino.
O Cemitério perdido dos Filmes B traça um panorama do Cinema de baixo orçamento através das resenhas de 120 produções de diversos gêneros. Um retrato honesto e divertido dos heróis não celebrados da Sétima Arte.

Comentários:
César Almeida traz neste livro a resenha de 120 filmes de baixo orçamento, os conhecidos Trash, e mostra como filmes que não fizeram parte das grandes bilheterias de Holywood também marcaram o história do cinema. Na introdção ele resume bem o que está por vir em seu livro com uma frase: “Dispa-se dos preconceitos impostos pela mídia, abra sua mente e prepare-se para uma jornada através de u mundo s urpreeendente, onde tudo pode acontecer !” Apartir deste paragrafo o livro nos enche de filmes cheios de sobrenatural, personagens de terror e ficção que tanto encanta o público que adora o lado B. Vemos as descrições de filmes como: “A maldção de Frankenstein”, “O vampiro da noite”, “Força diabólica”, “o Corvo”, “A noite dos mortos vivos”, “Os quatro do apocalipse” e muitos outros. Conforme lia encontrei vários fimes que vi ou conhecia e adorei. Para quem gosta de cinema e filmes B este livro é imperdivel.
Compre o livo aqui ou aqui

Abaixo um cartaz do livro e uma entrevista cedida por César Almeida para um jornal do Rio Grande Do sul.




14 de julho de 2010

Areia nos dentes - Antônio Xerxenesky

Livro: Areia nos dentes
Autor: Antônio Xerxenesky
Editora: Não Editora

Resumo:

“Em seu apartamento na Cidade do México, um velho, entre uma dose e outra de tequila, escreve a história de seus antepassados. É uma trama de rivalidade entre duas famílias, os Ramírez e os Marlowes, em um remoto povoado do Velho Oeste. Um assassinato e a vinda de um ortodoxo xerife compõem uma história que rompe os limites da própria literatura morte. “

Comentários:

Recebi esse livro em uma parceria com o autor Antônio Xerxenesky, que foi muito legal e também cedeu um exemplar para sorteio.
O livro traz um estilo de narrativa diferente, não linear e contada por um narrador desconhecido pelo leitor que traz duas histórias. Uma ocorre na época do faroeste e mostra o vilarejo de Mavrak que se localiza no meio de deserto escaldante em que a areia é elemento principal na paisagem , onde há a disputa entre duas famílias rivais: os Ramírez e os Marlowes, e essa rivalidade piora após a morte de um dos Ramírez. A outra parte da história é sobre a vida do próprio narrador que vai aos poucos se entrelaçando com a parte de Mavrak e faz com que nos perguntemos quem realmente ele é. E, além disso tudo ainda nos deparamos com um elemento surpresa: os zumbis. Sim há zumbis nessa história. Mas apesar de todas essas partes divergentes podemos notar que o livro trata sobre o complexo relacionamento entre pai e filho que é debatido tanto na relação entre Miguel e Juan quanto do narrador com seu filho. Com todos esses elementos e uma narrativa que nos pega de surpresa o livro prende a atenção.

Alguns trechos:
“ E os mortos voltarão a vida!”, exclamou o xamã na noite, e seu grito foi ouvido.”

“Ele sabia que naquela terra, que naqueles tempos, o que importava era o que os olhos diziam. Palavras não tinham significado para as pessoas. Eram mal utilizadas. Eram confusas.”


“Um filho que não sabe beber, Não pode ser homem de verdade. Em especial, numa cidade onde, de acordo com Miguel, “a sobriedade é insensatez.”

“Retornar debaixo da terra é a maior violação possível à natureza. É um estupro à lógica.”

Compre aqui

7 de julho de 2010

Sorteio do livro "A morte do cozinheiro" de Allan Pitz"

Bom gente, agradecendo ao autor Allan Pitz que fez uma paceria com o blog e cedeu para sorteio um exemplar do seu livro: “A morte do cozinheiro” autografado e marca paginas.

Livro: A morte do Cozinheiro
Autor: Allan Pitz
Editora: Above Publicações
Resumo:
“ É verdade, eu matei o cozinheiro. Em momento algum deste livro negarei que matei o sórdido cozinheiro com minhas próprias mãos de escrever versos. Havia motivo claro em saciar-se com a sua morte, morte de quem por carne e gozo objetou-se ao incomensurável amor que me tornava tão puro. Eu estripei-o com suas facas imundas de trabalho banal, e escalpelei por mimo infantil, de criança brincalhona, ao ver os índios e escalpes na TV. Matei o demônio com noventa facadas, cultivando um novo demônio sanguinário em mim, portanto não negarei ter feito a coisa mais maravilhosa que eu poderia fazer por minha inconsequência gloriosa naquele momento: Eu matei o cozinheiro.A morte do cozinheiro já deve ser considerada uma das obras literárias mais intensas e atuais sobre a dor de cotovelo e o ciúme. De forma singular o autor nos guia sem medo até o amor doente de Luiz Aurélio e as psicoses novas da recente solidão induzida. A derrota do ”eu” exaltado, o abandono, e a morte que pede lugar ao descontentamento puramente egoísta caminham livres. Vemos um jogo de querer e não poder, que desenrola o frágil espírito do ser humano desiludido de amor.
Usando a mescla de linguagens necessária em sua abordagem diferenciada, Allan Pitz atormenta os corações abalados neste livro memorável e instigante, fazendo enxergar com outros olhos a parte considerada cruel de uma trágica história romântica.”

Comentários:
Um livro com uma narrativa ótima, regado a intensidade, posso dizer que adorei, conseguimos sentir cada emoção de Luiz. Com uma história simples entendemos e mergulhamos na confusão mental e nas cenas de Luiz. Bom eu amo Dom casmurro e para quem ler o livro vai entender a comparação, pois o ciúme é a emoção que rega cada linha, não é mistério que Luiz matou o cozinheiro, essa não é a melhor parte, é o que o leva a esse extremo.

Compre o livro aqui

Agora vamos ao sorteio:
O sorteio começa hoje 07/07 e termina em 21/07 e será feito pelo Random
Regras:
1. Ser seguidor deste blog (é só ter uma conta no google/gmail/orkut/twitter que dá para se tornar seguidor, é só clicar no botão SEGUIR no lado direito);
2. Preencher o formulário corretamente no final do post;
3. Ser residente no Brasil (ou ter um endereço de entrega no Brasil).

Para ter números extras ( para cada numero extra preencha o formulário mais um vez) :
1. Ser seguidor do blog no twitter
2. divulgar no twitter a frase:

RT: Eu quero ganhar o livro "A morte do cozinheiro" do Allan Pitz autografado que o @olhos25 está sorteando http://tinyurl.com/29gjfn8

6 de julho de 2010

A cabana - William P. Young


Livro: A cabana
Autor: William P. Young
Editora: Sextante
Resumo:
“Publicado nos Estados Unidos por uma editora pequena, A Cabana se revelou um desses livros raros que, através do entusiasmo e da indicação dos leitores, se tornou um fenômeno de público - mais de dois milhões de exemplares vendidos - e de imprensa.
Durante uma viagem de fim de semana, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e evidências de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas numa cabana abandonada.
Após quatro anos vivendo numa tristeza profunda causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o para voltar à cabana onde aconteceu a tragédia.
Apesar de desconfiado, ele vai ao local do crime numa tarde de inverno e adentra passo a passo no cenário de seu mais terrível pesadelo. Mas o que ele encontra lá muda o seu destino para sempre.
Em um mundo tão cruel e injusto, A Cabana levanta um questionamento atemporal: se Deus é tão poderoso, por que não faz nada para amenizar o nosso sofrimento?
As respostas que Mack encontra vão surpreender você e podem transformar sua vida de forma tão profunda quanto transformou a dele. Você vai querer partilhar este livro com todas as pessoas que ama.”

Comentários:

Bom, para quem me conhece deve se perguntar porque escolhi um livro sobre Deus para ler, a resposta é que depois que li “Conversando com Deus” de Neale Donald Walsh e me surpreendi, decidi que valia a pena arriscar. Mas vou comentar sobre o livro sem entrar em questões religiosas.
Diferente do livro de Neale “A cabana” traz um debate pessoal do relacionamento de Mack com Deus. A narrativa é feita em terceira pessoa (o amigo de Mack que narra a história) mas incrivelmente essa narrativa nos faz sentir bem mais próximo do personagem e dos eventos.
Após uma vida difícil Mack ainda tem que lidar com o trágico evento que ocorre com sua filha Missy e isso traz uma grande dor e seu relacionamento com Deus e a religião é muito abalado. Após um tempo Mack recebe um convite para retornar a cabana em que sua filha pode ter sido assassinada e é apartir daí que vemos como Mack lida com cada questão religiosa de sua vida. A narrativa é leve mesmo trazendo um assunto tão pessado como o relacionamento com Deus. Aqui alguns trechas que gostei do livro:

“ O peso daquela presença embotava seus olhos e curvava seus ombros. Até os esforços para afastá-la eram exaustivos, como se os braços estivessem costurados nas dobras escuras do desespero que agora de algum modo, tinha se tornado parte dele. “

“ – Mackenzie, - Papai se levantou da cadeira e rodeou a mesa para lhe dar um abraço apertado. – Não estamos justificando. Estamos liberando. “

“ – Falando de modo simples, religião, política e economia são ferramentas terríveis que muitos usam para sustentar suas ilusões de segurança e controle.”