31 de dezembro de 2011

A Esperança - Suzanne Collins

Livro: A Esperança
Autor: Suzanne Collins
Ano: 2011
Editora: Rocco

Sinopse:
Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.

Comentários:

ps: essa resenha contém spoilers dos livros anteriores da série (Jogos Vorazes e Em Chamas)

Esperança foi o livro que fechou meu ano.
Estava pensando em que livro eu iria fechar o ano de 2011 que teve ótimas leituras, resolvi fechar o ano com o último livro da série que conquistou um grande espaço no meu coração e posso dizer que apesar de várias coisinhas que me desagradaram durante a leitura não me arrependi em nenhum momento de ter escolhido esse livro.
Em Esperança após Katniss ser resgatada na arena e chegar ao lendário distrito 13 ela descobre que agora é o rosto da revolução,  que não conseguiram resgatar Peeta  que esta nas mãos da Capital e que o Distrito 12, seu lar, foi bombardeado e não existe mais, porém sua família esta a salvo mas com tudo isso ela acaba ficando em pedaços, perdendo o rumo e no meio de toda essa confusão  ela terá que decidir o que fazer agora, contra o que e quem lutar e tentar juntar seus pedaços pois a luta só começou. 
Nesse último livro uma boa parte do romance de Peeta, Katniss e Gale é sacrificado, pois o foco esta todo na revolução e na guerra , gostei bem disso, ficou um livro diferente dos anteriores mas com esse foco senti que a personagem de Katniss perdeu um pouco de sua força, sim ela tinha vários motivos para enfraquecer, mas esperava algumas atitudes diferentes. Gostei do livro, imaginava um desfecho diferente para a história, senti que o final ficou meio corrido, sem muitas explicações em meio ao resto da história. Mas as cenas da revolução, as jogas políticas e tudo o que envolve uma guerra por poder ficou bem representado. Com certeza Jogos Vorazes foi a série que marcou meu ano e espero que 2012 traga uma leitura tão boa como essa foi.

1 -  Jogos Vorazes (resenha)
2 -  Em Chamas (resenha
3 - A Esperança

25 de dezembro de 2011

Em Chamas – Suzanne Collins


Livro: Em Chamas
Autor: Suzanne Collins
Ano: 2011
Editora: Rocco

Sinopse:  
Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Dessa vez, além de lutar por sua própria vida, terá que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem. Mistura de ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia, Em chamas é o segundo volume da bem-sucedida trilogia iniciada com Jogos vorazes, mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos. Com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos e por 130 semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times, a trilogia assinada por Suzanne Collins ganhará adaptação para o cinema, com estreia prevista para março de 2012. Katniss e Peeta deveriam estar felizes. Afinal de contas, eles ganharam para si e para suas famílias uma vida de segurança e fartura. Mas há rumores de rebelião entre os distritos, e Katniss e Peeta, para seu horror, são a face da rebelião. A Capital está com raiva. A Capital quer vingança.

Comentários: 

Ps: esta resenha contém spoilers do primeiro livro – Jogos Vorazes. 

Em chamas foi um livro que me tirou o fôlego.
O que posso dizer sobre Em Chamas, o primeiro livro da série já tinha me conquistado um espaço só dele na minha lista de livros favoritos e Em Chamas só veio confirmar isso.
Nesse segundo livro Katniss e Peeta estão de volta ao distrito 12 após vencerem os jogos vorazes de forma inusitada e continuam fingindo serem o casal perfeito para poderem evitar qualquer atrito com a Capital, e para piorar um pouco a situação Katniss tem que conviver com a confusão em seu coração que é dividido entre Gale e Peeta, e também pelo medo de se envolver com qualquer um dos dois. Ela descobre que o ato que praticou para poder sair do jogo viva com Peeta pode ter desencadeado um atrito entre os Distritos e a Capital e que para manter as pessoas que gosta vivas ela vai ter que convencer a todos (sobre ameaças do presidente Snow) sobre seu amor por Peeta e assim tentar conter os desgostosos mas, talvez ela descubra que apenas isso não será o suficiente.
O que posso dizer desse livro, o essencial é que ele é muito bom. A narrativa é em primeira pessoa como no primeiro, mas totalmente envolvente. A história amadureceu, a narrativa ficou mais densa e os personagens ganharam mais profundidade. Tinha medo de Em Chamas não conseguir manter as expectativas criadas em Jogos Vorazes, mas o livro alcança (e em alguns pontos supera) o que era esperado e deixa uma enorme vontade de logo devorar o Esperança (terceiro e último livro da série)

1-      Jogos Vorazes (resenha)
2-      Em Chamas
3-      Esperança

7 de dezembro de 2011

Hathor - Markus Thayer

Livro: Hathor
Autor: Markus Thayer
Ano: 2010
Editora: Novo Século

Sinopse:
Inglaterra, 1856
John McBrian é aluno em uma renomada faculdade de Cambridge. Entretanto, sua vida pacata de estudante está prestes a mudar. O que a princípio parecia ser apenas um trabalho de escola coloca o jovem inglês em extremo perigo.
Um mistério intrigante, fenômenos inexplicáveis e mensagens criptografadas levam John a cruzar o oceano, onde seu destino o aguarda.

Comentários:
Hathor foi um livro que não me ganhou.
A história de Hathor é regada ação, suspense, pitadas de romance e uma mensagem no fim da história, porém o livro não me ganhou por alguns motivos: a narrativa não me prendeu e a história não era o que eu esperava e algumas cenas não encaixaram com o contexto geral, mas vamos à história:
O livro inicia sua narrativa na Inglaterra de 1856 com John McBrian aluno do King’s College que junto ao seu professor Oliver Stwart e seu amigo William Kenward encontraram dentro de um livro antigo uma mensagem em código que poderia indicar algo inovador. Com isso em mãos inicia-se a aventura para conseguir desvendar o que esta escrito na mensagem e com isso ir em busca do que seria um suposto “tesouro”. Isso acaba atraindo outros personagens como Emma a empregada de Oliver e seu namorado que acabam se unindo em uma circunstância bem inusitada (não vou falar para não dar spoiler rs) e atraindo pessoas que não estão com tão boas intenções e todos vão entrar nessa busca por uma descoberta que vai mudar muitas coisas.
Não me estendi muito na história, pois teria o risco de contar algum spoiler o livro possui uma narrativa em terceira pessoa que intercala bem a história dos personagens. O autor valoriza o romance e a lição sobre como o ser humano vem se comportando e onde isso pode acabar levando. Explicando o que disse anteriormente o livro não me agradou muito pois a história não se aprofundava muito nos personagens e nos fatos dando uma sensação de que algumas coisas aconteceram rápido de mais ou não se encaixavam e os conflitos da narrativa não eram tão profundos tornando algumas situações superficiais.

2 de dezembro de 2011

Desafio Literário 2012


Gente, nos outros anos sempre via o Desafio Literário e achava uma idéia muito legal porém nunca participei até que vi a lista do Desafio Literário 2012 e resolvi tentar:
 
  DESAFIO LITERÁRIO 2012
Janeiro - Literatura Gastronômica
Julie & Julia, de Julie Powell (resenha)
A Mesa Voadora - Luis Fernando Verissimo (resenha)

Fevereiro - Nome Próprio (de pessoas)
Coraline, de Neil Gaiman (resenha)
Lucille, de Ludovic Debeurme (resenha)

Março - Serial Killer
O Silêncio dos Inocentes, de Thomas Harris (resenha)

Abril - Escritor(a) oriental
O paciente inglês, de Michael Ondaatje (resenha)

Maio - Fatos Históricos
O menino do pijama listrado, de John Boyne (resenha)

Junho - Viagem no Tempo
A Mulher do Viajante no Tempo, de Audrey Niffenegger (resenha)

Julho - Prêmio Jabuti
Se eu fechar os olhos agora, de Edney Silvestre (resenha)

Agosto - Terror
A Mulher de Preto,Susan Hill  (resenha)

Setembro - Mitologia universal
A Senhora de Avalon, de Marion Zimmer Bradley (resenha)

Outubro - Graphic Novel
V de Vingança, de Alan Moore,de David Lloyd (resenha)

Novembro - Escritor(a) africano
Cotoco, de John van de Ruit (resenha)

Dezembro – Poesia
Clepsidra, de Camilo Pessanha (resenha)

Aqui está toda a lista, estou ansiosa para ler alguns títulos e outros vão ser uma pequena aventura, uma descoberta rs, se houverem mudanças em alguns títulos eu atualizo a lista e aviso.

13 de novembro de 2011

[Campanha] Doe vida lendo um livro



 Oi gente, hoje quero divulgar uma campanha muito legal promovida pela Vivi do blog Filme, Livros e Séries

Doe vida lendo um livro.

A campanha visa incentivar as pessoas a doarem sangue nesta época de fim de ano em que os Bancos de Sangue estão mais vazios.
Leitores e blogueiros acima de 18 anos estão convidados a participar desta campanha e aproveitar seu tempo de leitura para ajudar. 

Confira abaixo os pré requisitos básicos:
  • Levar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista ou carteira do conselho profissional)
  • Estar bem de saúde
  • Ter entre 18 e 65 anos
  • Pesar no mínimo 50 Kg (desconsiderando o peso da roupa)
  • Estar alimentado, evitando apenas alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação
  • Ter dormido por pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas
  • Não ter se exposto a situações de risco para doenças transmissíveis pelo sangue, como: Diversos parceiros sexuais, uso de drogas e relações sexuais com parceiros não habituais sem preservativo (camisinha).
Para você que é de São Paulo iremos nos encontrar na Irmandade Santa Casa de Misericórdia no sábado dia 19 das 10:00 – 13:00 

Saiba mais dessa campanha aqui
Confirme sua presença aqui

11 de novembro de 2011

Julieta Imortal - Stacey Jay

Livro: Julieta Imortal
Autor: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Ano: 2011

Sinopse:
Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz.
Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano.
Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.
Segredos, mistérios e surpresas envolvem este poderoso romance em que o casal mais famoso da literatura mundial tem a chance de contar sua verdadeira história.

Comentários:
Julieta Imortal foi um livro que me deixou com pensamentos ambíguos.
Gostei muito de algumas coisas do livro e outras me deixaram um pouco desanimada. Sempre tive muito receio com histórias que adaptam clássicos e por esse motivo já comecei a ler o livro com um pouco de medo, porém a autora trabalhou a narrativa de um jeito diferente do padrão de adaptações, ao invés reformular o clássico de Shakespeare ela usou o original como base e criou algo que seria como uma continuação do que já é conhecido.
O livro começa contando que a história de Romeu e Julieta não terminou onde todos conhecemos, na tumba onde ambos morrem, na verdade Romeu traiu Julieta na hora de sua morte e com isso ele se tornou um Mercenário, um ser que trabalha para as sombras e que alimenta a causa da dor, da morte e da tristeza já Julieta trabalha para os Embaixadores lutando pela causa do amor e tenta unir as almas gêmeas. Os dois tomam os corpos de pessoas, os embaixadores de pessoas vivas e os mercenários de pessoas mortas e por todos esses anos (cerca de 700) eles estão em lados opostos e se tornaram inimigos. Neste último trabalho Julieta toma o corpo de Ariel para tentar aproximar o próximo casal de almas gêmeas e Romeu também aparece para atrapalhar sua missão, porém muitas coisas estranhas acontecem com Julieta e a aventura do livro se desenvolve em cima desse mistério e da rivalidade do casal que foi criado por Shakespeare e que para muitos é a representação do amor.
Pela história não mudar tanto a versão original, na verdade ela mal cita a versão original, fazendo apenas pequenas referências, eu fiquei bem feliz, e gostei muito dessa idéia de rivalidade e até ódio entre um dos casais mais aclamado porém o que não me agradou muito nesse livro foi a construção dos personagens, Julieta e Romeu que poderiam ser personagens muito fortes, acabam ficando meio fracos e repetitivos durante a história, e Bem (um personagem que surge para dar uma quebra também não tem a força que deveria). A história é linear, sem ter muitas alterações temporais e narrada em primeira pessoa por Julieta, a trama e a ideia são boas porém há algumas falhas no contexto geral.

6 de novembro de 2011

[Musical] Mamma Mia


Sinopse:
 No centro da trama estão, uma mãe, uma filha e três possíveis pais. A magia e o significado das sempre atuais canções do ABBA inspiraram a escritora Catherine Johnson nesta história sobre amor e amizade, passada em uma pequena ilha grega. Às vésperas de seu casamento, Sophie busca a identidade de seu pai, convida três homens que há 20 anos fizeram parte do passado de sua mãe. Entre as 23 hits do ABBA, incluindo "Dancing Queen"; "The Winner Tales It All"; "Money, Money, Money" e "Take a Chance On Me", compõem este espetáculo de pura diversão.
  A produção nacional tem versões de Cláudio Botelho, 32 atores e orquestra de 10 músicos. No elenco, destaque para Kiara Sasso, Saulo Vasconcelos, Rachel Ripani e Pati Amoroso. Para divertir, o espetáculo traz movimentos de dança contemporânea dos anos 70, 80 e 90, incluindo disco e hip hop. Fenômeno mundial, o musical já passou por 270 cidades, ainda está em cartaz em onze teatros do mundo (incluindo Londres e Nova York) e já rendeu US $ 2 bilhões de bilheteira.

Comentários:
Sei que esse tipo de resenha foge um pouco do padrão das que têm aqui no blog, mas amo musicais, e vou tentar, sempre que possível, falar um pouco desse tipo de arte que não é muito divulgada, essas resenhas não serão muito freqüentes pois os musicais não são um programa muito barato mas vale a pena experimentar nem que seja uma vez.
Mamma Mia era um musical que não estava muito animada para assistir, não conseguia imaginar como as músicas do Abba seriam adaptadas sem perderem sua “ identidade” ou ficarem estranhas, mas fui totalmente surpreendida. O musical vai contar a história de Donna que possui uma filha, Sophie, que irá se casar em breve e isso a motiva a tentar saber quem é seu pai, porém ela vai descobrir que há três possibilidades e irá tentar lidar com a situação e desvendar o mistério.
O musical não possui muitas trocas de cenários, na maior parte das cenas é apenas um cenário que ao ser mudado vai dando forma as novas situações, as musicas ficaram ótimas e muito naturais e em alguns momentos se não fosse pelos elementos conhecidos  não pareceriam adaptações. Os atores são muito bons e bem conhecidos no mundo dos musicais. 

Para quem quiser conhecer ai vai um vídeo: 

Recomendo mesmo, pena que este musical esta apenas em São Paulo e será exibido só até 18/12 saiba mais aqui


3 de novembro de 2011

[RESULTADO DO SORTEIO] Livro 2012

 Antes de tudo quero agradecer a autora Vanessa Bosso. Sem ela essa promoção não aconteceria e depois quero agradecer a todos que participaram. Agora vamos ao sorteio:

Foram 67 números gerados

E o vencedor é :

Thaína Moreira


Parabéns
Você terá 3 dias para responder o email ou outro sorteio será realizado.

30 de outubro de 2011

O Pacto - Joe Hill


Livro: O Pacto
Autor: Joe Hill
Editora: Sextante
Ano: 2010
Sinopse:
Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim.

Comentários:
O livro O Pacto me prendeu.
 Mas um livro em que esperava uma coisa e tive outra, mas o que encontrei nele não me deixou em nenhum momento decepcionada, esperava uma história de terror daquele tipo que você fica com medo durante a noite e encontrei uma história que não é desse estilo, mas sim que trabalha com o psicológico e com o lado obscuro de cada um (o que na verdade dependendo da perspectiva não deixa de ser uma história de terror).
 O livro conta a história de Ig Perrish, um cara que tinha uma vida normal, planos e desejos até que um trágico acontecimento muda toda sua vida, Merrin, sua namorada, é encontrada morta e estuprada e Ig acaba como suspeito, porém nenhuma evidência é encontrada nem para acusa-lo nem para inocenta-lo, e com isso sua vida perde o sentido e o rumo. Um ano depois dessa tragédia Ig acorda depois de um porre e descobre que tinha criado chifres. Além de ter que lidar com esse fato no mínimo estranho Ig descobre que seus chifres influenciam as pessoas que os vêm fazendo com que estas contem seus segredos mais obscuros e que se Ig tocar em alguém consegue ver coisas que as pessoas fizeram no passado. Nessa jornada de tentar entender o que esta acontecendo com ele e lidar com a morte de Marrin ele ainda vai descobrir várias coisas que não esperava das pessoas que o rodeiam inclusive descobrir quem matou Marrin.
O livro possui uma narrativa envolvente e uma estrutura não linear, pois cada vez que Ig toca alguém ou em algumas cenas aleatórias o flashback é usado como recurso e torna o livro bem interessante, pois o leitor vai descobrindo aos poucos como os fatos vão acontecendo. Acho que essa história trabalha muito com o “psicológico” e também com as “convenções sociais”, pois com os chifres, Ig descobre, sem véus ou qualquer artifício, o que as pessoas realmente pensam e com isso quem elas realmente são e acaba se surpreendendo na maior parte das vezes de um modo negativo mas algumas pessoas mostraram para Ig que são boas, sem contar que o livro trabalha em suas entrelinhas com a definição do o que ou quem seria realmente o “Diabo” e do que seria realmente “bem”e “mau”. Gostei muito da leitura e agora Joe Hill é um autor que quero conhecer mais.

26 de outubro de 2011

[Evento] Palestra com James McSill

Saiba mais sobre a palestra aqui

24 de outubro de 2011

[Filme] Os Três Mosqueteiros


Os Três Mosqueteiros
Titulo Original: The Three Musketeers
Duração: 110 min.
Direção: Paul W.S. Anderson
Roteiro: Alexandre Dumas e Andrew Davies
Ano: 2011

 Comentários: 
 Acho que o melhor adjetivo que vai descrever esse filme é surpresa, essencialmente porque  quando fui assistir eu não sabia de nenhuma informação além do título (o que já me motivava muito por amar a história dos três mosqueteiros). A primeira surpresa que tive foi descobrir que Logan Lerman era quem interpretava o D’Artagnan, não me entendam mal, nada contra ele, mas simplesmente na consigo imagina-lo como D’Artagnan e a outra surpresa foi que o filme que deveria ter os ares clássicos do século XVII acabou com algumas coisas no estilo steampunk, com alguns maquinários e armas super modernos. Posso dizer que em uma perspectiva geral gostei bem do filme, mas isso também se deve ao fato de que fui assistir com amigas que tornaram tudo bem mais engraçado. Gostei  dos cenários, da fotografia e dos autores pois senti que a maioria se encaixava em seus personagens, O filme é pautado basicamente nas cenas de ação e em alguns lances de comédia, mas para quem quer realmente se aprofundar mais na história dos três mosqueteiros esse filme não é muito recomendado. 







17 de outubro de 2011

[Dica] Promoção - Editora Novo Conceito

Oi gente, hoje trago uma promoção muito legal.
A promoção Dose Dupla da Editora Novo Conceito


Promoção válida até o dia 28/10/2011, saiba mais aqui

16 de outubro de 2011

Novos na Estante # 9

Mais uma vez achei que essa semana ia passar em branco até que fui surpreendida por entregas de domingo, porém uma coisa me deixou triste...vou mostrar:


  • Um Kit do livro Roubada, recebi de parceria da editora Novo Conceito
  • Os três livros (Frente de tempestade, Te amo te odeio sinto sua falta e A floresta de mãos e dentes )que tinha reservado na promoção da Bienal da Editora Underworld, em agosto, e que devido a greve dos correios acabei recebendo só essa semana (livros super aguadados), então foi aqui que comecei a ficar triste, no dia da entrega estava chovendo e o pacote chegou molhado, os livros ficaram um pouco marcados com a água mas tudo bem porque o que me deixou mais triste foi: 
  • a Editora ID mandou para os parceiros uma caneca de presente de um ano de aniversário da editora e a caneca chegou desse jeito, estou muito feliz com esse gesto de carinho da editora porém fiquei bem chateada com os correios. 

Bom gente isso é tudo o que chegou para mim, tenho agora só uma encomenda para chegar que estava programada antes do The Hunger Games  e o que chegar tirando isso será um mistério rs.

13 de outubro de 2011

Novidades


Livro “O Forte” nova obra do autor Bernard Cornwell, lançamento da editora Record
Sinopse: Estados Unidos, 1779. Três anos após a declaração de independência da amiga colônia, a tensão entre o país e a Inglaterra atinge um nível insustentável. Dispota a reverter essa situação, a Coroa britânica envia uma frota para colonizar o vilarejo de Majabigwaducer, no estado do Massachusetts, um local cercado por uma grande baía na peninsula de Penobscot.




Lançamento da Editora Arqueiro – O diário de Suzana para Nicolas do autor James Patterson
Sinopse - Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.


A editora arqueiro divulgou o novo livro de Harlan Coben – Quebra de confiança
Sinopse - No primeiro caso de Myron Bolitar, Harlan Coben nos faz mergulhar na indústria do sexo e nos negócios escusos por trás da contratação de grandes atletas. Este é um momento importante na carreira de Myron Bolitar. Depois de agenciar alguns atletas pouco conhecidos, ele agora é o empresário de Christian Steele, a maior promessa do futebol americano de todos os tempos. Mas, ao mesmo tempo que vive o auge na carreira, Christian enfrenta um drama na vida pessoal. Um ano e meio atrás, sua noiva, Kathy Culver, desapareceu subitamente e, exceto pelos fortes indícios de que tenha sofrido uma agressão sexual, a polícia não conseguiu descobrir nada sobre sua última noite no campus da Universidade Reston. Prestes a ser contratado em uma negociação que pode ser a maior de todos os tempos em sua categoria, Christian recebe o exemplar de uma revista que traz a foto de Kathy em um anúncio de disque sexo. Além disso, o caso acaba de ganhar mais um ingrediente de terror: três dias atrás, Adam Culver, pai dela, foi morto em um assalto bastante suspeito. Agora, com a ajuda de Win, seu melhor amigo, Myron tentará impedir que as notícias sobre a ex-noiva de Christian atrapalhem a carreira do rapaz e irá em busca da verdade – doa a quem doer